segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Professores confirmam greve no Paraná a partir da próxima segunda, dia 2.



Durante toda a manhã de sábado (23), professores(as) e funcionários(as) de escola da rede pública estadual se reuniram em assembleia para definir os próximos passos do Sindicato. Em decisão unânime, a categoria decidiu deflagrar greve, que inicia a partir do dia 2 de dezembro. Já no dia 3, será realizado um ato unificado contra a reforma de Ratinho.

Segundo o presidente do sindicato dos professores e servidores, Professor Hermes Leão, é necessária a mobilização da categoria. A assembleia aprovou a greve. Segundo ele esta é uma resposta para o governo Ratinho Jr., que não dialoga com a categoria e ainda encaminhou uma PEC, que segundo a entidade, acaba com as aposentadorias. Eles criticam também a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e sua desorganização no processo de matrículas do ensino médio noturno, às condições de trabalho, as ameaças de piorar a distribuição de aula e também as questões envolvendo os profissionais PSSs.

O governo anunciou mudanças nas matrículas no período noturno, transferindo alunos do ensino médio, com menos de 18 anos, para período diurno, o que poderá acarretar em uma grande evasão escolar porque muitos adolescentes trabalham durante o dia na informalidade.