quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

BARBOSA FERRAZ: Sem autorização, pré-candidata a prefeita, grava crianças e divulga vídeos nas redes sociais

Por Claudiney Costa - rato
05/12/2019
A imagem acima é reprodução do vídeo enviado a coluna através de disparos de WhatsApp, pela própria autora da ação - 

Uma caso que chamou a atenção nas redes sociais e que gerou certo desconforto até mesmo em pessoas ligadas a secretaria municipal de educação foi um vídeo que está circulando em grupos de WhatsApp, que foi divulgado pela pré-candidata a prefeita do município, Marinalva Carvalho. O episódio que pegou funcionários de surpresa, após ampla divulgação do vídeo, está causando problema para servidores do município, que pode resultar em punição administrativa. O que deve aliviar a situação é o fato de testemunhas terem relatado que ninguém esperava a gravação que aconteceu, de forma inesperada e rápida, pegando naquele momento todos de surpresa, sem ter tempo de impedir a ação.


De acordo com informações de uma testemunha, apuradas pela coluna e também relatos da própria secretaria de educação, a pré-candidata Marinalva não foi convidada a estar no local por nenhum membro da secretaria municipal de educação, mas sim teria acompanhado seu companheiro, Faheder, a convite da mãe de um aluno. Uma pessoa que pediu para não ser identificada disse que em determinado momento, quando os alunos estavam sentados na quadra e se preparavam para receber os sorvetes que foram adquiridos por pais de alunos e professores, ela se aproximou rapidamente das crianças, quando outros adultos não estão próximos, e fez a gravação do vídeo.

Em um trecho da gravação ele diz:
“Olha ai, essa festa é aqui no Cemic, nós estamos aqui no penúltimo dia de atividade das crianças, distribuindo um sorvetinho para as crianças [...]”

Na sequência da gravação ela complementa e cita também os professores, distribuindo os sorvetes.

A secretaria de educação informou que os sorvetes foram comprados em uma “vaquinha” realizada pelos pais de alunos e profissionais da educação.

O que ficou demonstrado no vídeo é que a pré-candidata tentou ganhar créditos pessoais por um evento que nada teve a ver com sua participação, usando imagens em vídeo e discurso para chamar a atenção para si.

No evento estavam presentes professores, agentes da secretaria de ação social, alguns pais de alunos e até o vice-prefeito Roni Lucindo.

A coluna entrou em contato com a Secretária de Educação do Município, que comentou sobre o caso:

Após a coluna receber o vídeo da própria Marinalva Carvalho, provavelmente enviado através de disparos de WhatsApp, para várias pessoas, a redação da coluna teve o cuidado de entrar em contato com a Secretária de Educação do Município, Ester Pereira, que nos passou algumas informações sobre o caso.

Ester relatou que estava em viagem a Curitiba e só tomou conhecimento do caso nesta manhã, quando retornou. Ela disse ainda que sobre o evento na escola José Arno Turke, teria sido promovido o encontro para fazer uma nova entrega de prêmios para as crianças do projeto “Top Atleta”. Segundo relatou, o evento foi realizado na escola José Arno Turke sem o conhecimento da Secretaria de Educação, Esportes e Lazer do município, que sequer teria sido informada previamente da situação.

Sobre a gravação do vídeo feito pela pré-candidata com imagens das crianças e divulgado em rede social, ela não teve conhecimento e não existe autorização para que isso ocorra dentro da instituição. Disse ainda que o convite foi feito pela mãe de um aluno, que na verdade convidou o Faheder, que é companheiro da Marinalva Carvalho, sendo ela levada por ele.

A secretária de ação social, Marcia Miliossi, e outros membros da Secretaria de Ação Social foram convidados. O projeto Top Atleta é desenvolvido pelo CRAS do município.

Ao finalizar o contato com a coluna, Ester pediu ainda que todos os cuidados na divulgação das informações fossem tomados; nas palavras dela, a devida apuração foi necessária, para que palavras erradas, “jogadas ao vento”, não fossem ditas e prejudicassem pessoas inocentes.