domingo, 15 de dezembro de 2019

BARBOSA FERRAZ: Vídeo de paciente caída no chão no Hospital Municipal gera confusão; entenda o que aconteceu

Por Claudiney Costa - rato
15/12/2019


O vídeo que acabou viralizando na manhã deste domingo (15), no Whatsapp, foi feito na sala de consultas do Hospital Municipal de Barbosa Ferraz e acabou sendo publicado num contexto diferente do que de fato ocorreu. A primeira impressão que passa no vídeo é que existe uma mulher caída no piso sem receber atendimento médico, abandonada. Isso não aconteceu.


Segundo as informações de uma das vítimas, a mulher estava junto com o atual namorado em uma motoneta Biz, por volta das 03h da madrugada deste domingo (15), na região da Rua Rio Grande do Sul, Vila Nova, quando um veículo teria avançado sobre o casal, derrubando-os da motoneta e ainda teria passado com o veículo sobre. A mulher teria sofrido diversas lesões e o atual namorado também apresentava diversos sangramentos e lesões no rosto.

O casal e o suposto agressor não tiveram o nome divulgado.

A confusão com o vídeo se deu após uma pessoa que estava no hospital neste domingo pela manhã flagrar a mulher caída no chão da sala de consulta, logo o vídeo foi gravado e enviado através de grupos de WhatsApp.

Na verdade, de acordo com informações de uma pessoa da família da mulher, ela estava deitada sobre a maca ao lado do namorado, quando decidiu se levantar e acabou descendo, deitando no piso. Logo após isso ter ocorrido uma das enfermeiras do Hospital constatou a situação e levou a paciente novamente para a maca. Ela apresentava transtornos momentâneos, provavelmente em decorrência de ainda estar em estado de choque.

A família da mulher questionou a divulgação do vídeo nas redes sociais, não concordando com a atitude, já que causava uma exposição desnecessária da vítima.

A mulher foi levado ao hospital por uma ambulância do SAMU e atendida pela equipe de plantão do Hospital Municipal.

Caso todas informações de tentativa de homicídio se confirmem, o caso deve ser levado ao conhecimento da Polícia Civil.