sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Criminoso acusado de matar Sargento da PM é morto um dia após sair da cadeia



Na madrugada de hoje (20), depois de ganhar alvará de soltura concedido pela justiça, após ser preso como um dos autores da morte do Sargento Mazzocato, 45 anos, morto 03/05/18, em um bar na cidade de Ibiporã, região de Londrina, o acusado foi executado com vários tiros calibre 9 mm e de fuzil.


Os criminosos que mataram o sargento, entre eles Leonardo Joaquim Marçal Aguiar, chegaram e dispararam cerca de 15 tiros no Sargento o qual não teve nem tempo de reação, na sequência eles fugiram e queimaram o veículo em uma área rural na cidade de Ibiporã.

Alguns dias depois Leonardo Joaquim Marçal Aguiar foi preso no bairro Ana Rosa, em Cambé, com a mesma roupa a qual ele matou o sargento.

Ontem dia 19/12, ele recebeu alvará de soltura e durante a madrugada recebeu uma visita inesperada, no Jardim Ana Rosa, e foi morto a tiros.

A polícia deve investigar o caso, para saber se a morte de Leonardo tem relação com o assassinato do Sargento Mazzocato ou se é um acerto de contas entre ele e o mundo do crime.