segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Homem arromba casa, agride e corta cabelo da ex-mulher, que vai parar no hospital



Mais dois casos de violência contra a mulher foram registrados pela Polícia Militar no fim de semana em Campo Mourão. Em um deles, a PM foi chamada por funcionários do hospital onde era atendida uma jovem de 20 anos. Ela contou que foi agredida pelo ex-companheiro que não aceita o fim do relacionamento.

Segundo a vítima, o homem, de 27 anos, teria arrombado a janela da casa dela e disse que queria conversar. Em seguida começou a desferir socos no rosto dela, dizendo que "se não ficasse com ele, não ficaria com mais ninguém". A vítima ainda relatou que antes de fugir do local o agressor pegou uma faca e cortou o cabelo dela. 

As agressões causaram hematomas e escoriações no rosto da jovem, que ficou hospitalizada. A Polícia Militar não conseguiu localizar o autor das agressões. 

A outra ocorrência foi registrada na Avenida John Kennedy, no Lar Paraná. Uma mulher de 45 anos relatou que foi agredida com chutes e socos pelo marido, de 44 anos, após descobrir que ele a teria traído. A vítima apresentava hematomas em uma das pernas, que teria sido causadas por chutes. 

O homem foi preso e a mulher encaminhada para receber atendimento médico. Mais tarde ela também compareceu à delegacia para relatar os fatos. Ela contou que já foi agredida outras vezes, porém, devido às ameaças que sofria, tinha medo de denunciar.

(Tribuna do Interior)