segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Barbosa Ferraz: Reunião de emergência e ofensas a família de uma das vítimas da Dengue



O prefeito Edenilson Aparecido Miliossi, após a terceira morte por Dengue registrada no município em cerca de 15 dias e ver a crise com a epidemia piorar ainda mais, convocou as pressas uma reunião com seu grupo, entidades e sociedade civil, para discutir o assunto e tentar encontrar uma maneira de enfrentar o problema que se agrava a cada dia. A reunião aconteceu ontem, domingo (16), na câmara de vereadores, às 15hs.


A reunião definiu algumas metas que deverão ser adotadas, mas também deixou uma marca lamentável.

A Professora Cleci Bergamin, que sofreu a primeira perda nessa tragédia, com a morte do marido, Santil de Oliveira, por Dengue Hemorrágica, acompanhada de sua filha, Maislian de Oliveira Shimitt, foram a reunião. Em um determinado momento, Maislian foi abordada dentro da reunião pelo chefe da Ciretran de Barbosa Ferraz, conhecido por Edilson da Farmácia, casado com a vereadora Silvia da farmácia, aliada do prefeito Edenilson Aparecido Miliossi. De acordo com informações da vítima, Maislian de Oliveira Shimitt, Edilson se dirigiu a ela e a agrediu verbalmente com palavras, a ofendendo, sendo que ainda uma filha dele teria se dirigido a ela gritando. Além da própria vítima das ofensas, várias testemunhas presenciaram a cena e enviaram mensagens a coluna, inclusive parte de um áudio da confusão.

Abaixo o áudio da pessoa vítima da agressão verbal, informando do ocorrido. Clique duas vezes no player e ouça:


A professora Cleci Bergamin e sua filha gravaram no último sábado (15) uma entrevista falando sobre a perda do senhor Santil de Oliveira e a filha citou a vereadora Silvia, que teria conversado com ela no centro da cidade. A vereadora não teria gostado da citação e o marido teria ido tirar satisfação durante a reunião neste domingo (16), quando teria a agredido verbalmente.

O agricultor Santil de Oliveira, 67 anos, foi a primeira vítima fatal da dengue neste ano. Já são três mortes em menos de um mês. Santil ficou internado no Hospital Pronto Socorro de Campo Mourão, foi diagnosticado com dengue hemorrágica e faleceu no dia 4 deste mês.

Abaixo imagem de um dos lençóis, com manchas de sangue, na cama onde estava internado o senhor Santil.