sábado, 8 de fevereiro de 2020

Corumbataí do Sul: Ministério Público abriu investigação contra vice prefeito Xandão por uso ilegal de patrimônio público, afirma testemunha



O Ministério Público do Paraná, promotoria da comarca de Barbosa Ferraz, abriu investigação para apurar conduta do vice-prefeito de Corumbataí do Sul, na atual gestão do prefeito Carlos Caxão. 

De acordo comas informações do blogueiro Celso Lima, após divulgação de imagens do vice-prefeito Xandão, usando o caminhão pipa da prefeitura em um dia de domingo, lavando a calçada em frente a própria casa, pode configurar ato de improbidade administrativa contra o vice-prefeito Xandão. Lima informou a coluna que nesta semana a promotoria de Barbosa Ferraz o chamou para prestar depoimento sobre o caso divulgado no final do ano passado em seu blog. Ele disse que já foi ouvido pelo promotor de justiça e o caso segue sendo investigado.

As informações são de que o vice-prefeito Xandão se apoderou do caminhão pipa do município e em dia não útil, quando a prefeitura não cumpria expediente e não executava nenhum outro tipo de serviço na cidade, ele foi com o veículo com o tanque cheio de água até a Rua Guarani em frente da própria residência e lavou a calçada da frente de seu imóvel. Na imagem é possível observar que ele também jogou água em parte do asfalto que fica em frente das residências vizinhas a dele, que seria para evitar a poeira nos imóveis da sua vizinhança, do seu lado da rua, mas a única calçada que foi lavada teria sido da sua própria casa, conforme mostra a imagem abaixo.

Ainda segundo Lima informou, ele acredita que o Ministério Público da Comarca de Barbosa Ferraz deverá chamar outras pessoas para serem ouvidas sobre o caso. Após a investigação o MPPR poderá oferecer denúncia criminal contra o vice-prefeito Xandão por ato de improbidade administrativa.

A imagem teria sido feita por um morador da mesma rua, que ao sair de sua casa resolveu fotografar a extensão da Rua Guarani e por coincidência acabou flagrando o vice-prefeito Xandão. A imagem teria sido postado nas redes sociais e causou indignação em alguns moradores de Corumbataí do Sul.

Crime de improbidade administrativa: 

(art. 9º, IV, da Lei n.° 8.429/92):

Art. 9° Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no art. 1° desta lei, e notadamente:
IV - utilizar, em obra ou serviço particular, veículos, máquinas, equipamentos ou material de qualquer natureza, de propriedade ou à disposição de qualquer das entidades mencionadas no art. 1° desta lei, bem como o trabalho de servidores públicos, empregados ou terceiros contratados por essas entidades;