quarta-feira, 18 de março de 2020

BARBOSA FERRAZ: Estado confirma que Beatriz não tinha problema de saúde e morreu de dengue


A secretaria estadual de saúde divulgou em seu informe semanal sobre os casos de dengue no estado do Paraná, o número de mortes oficiais da doença, que são os casos que aguardavam resultado dos exames de necropsia e laboratoriais, com amostras dos pacientes que perderam a vida após serem contaminadas pelo vírus da dengue.

No informe a secretaria estadual de saúde divulgou dois dos seis casos de pacientes de Barbosa Ferraz que perderam a vida neste ano após contaminação.

Agora está confirmado oficialmente pelo estado, após sair resultado de dois pacientes, que a morte foi realmente causada pela dengue. Uma senhora de 77 anos e a estudante de apenas 9 anos de idade. O caso do senhor Santil de Oliveira também já havia sido confirmado oficialmente, já que o laudo médico apontou causa morte por dengue grave (hemorrágica).

O que chama atenção na divulgação feita pela secretaria estadual de saúde é o que o resultado mostrou. A criança de 9 anos não sofria qualquer problema de saúde até ser contaminada pela dengue. “Uma menina de 9 anos de Barbosa Ferraz, sem doença pré-existente associada”, destaca a nota da SESA/PR.

Beatriz Stella, 9 anos de idade, moradora do Quebra Molas, em Barbosa Ferraz, era aluna do quinto ano da escola municipal Jacira Momesso de Almeida Peternelli e faleceu no domingo, dia 16 de fevereiro deste ano.

O boletim da dengue divulgado ontem (17) pela Secretaria da Saúde do Paraná confirma 12 novos óbitos provocados pela doença. Agora, são 49 mortes neste período epidemiológico com início em agosto de 2019.