quinta-feira, 2 de abril de 2020

Deputado Anibelli questiona governo sobre Tarifa Rural Noturna


Assembleia Legislativa aprovou, na sessão plenária virtual da última terça-feira (31), um requerimento do deputado Anibelli Neto, do MDB, que questiona o governo do Estado sobre a Tarifa Rural Noturna.

Anibelli Neto, que é presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Assembleia Legislativa, lembra que o programa que instituiu a Tarifa Rural Noturna foi implantado no governo do MDB, e lamenta que hoje existem setores do Governo que não concordam com esse subsídio sob o argumento de que grandes produtores rurais se beneficiam deste subsídio.

Diante deste impasse, o deputado quer saber mais detalhes por parte do governo pois entende que “é um excelente programa e que deve sim ser aumentado pois quando foi criado era para que estimulasse alguns setores num período que a energia é dissipada à noite”.

Diante disso, o pedido de informações, direcionado ao secretário Norberto Ortigara, e o que Anibelli Neto, questiona:

1. Qual o número total de agricultores beneficiados pelo Programa Tarifa Rural Noturna - TRN?
2. Qual o perfil e percentual dos agricultores beneficiados?
3. Quantos agricultores são assentados da Reforma Agrária ou por interesse social?
4. Quantos são pequenos, médios e grandes produtores rurais?
5. Qual o consumo médio em kw/h por categoria, ou seja, assentados, pequenos, médios e grandes produtores?
6. Qual o impacto financeiro e em kw/h gera na Copel?