terça-feira, 14 de abril de 2020

Fechamento do comércio gerou mais de 200 demissões em Campo Mourão, aponta Acicam


Um levantamento realizado pela Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam) junto a 31 escritórios de contabilidade da cidade apontou que já aconteceram pelo menos 235 demissões em empresas locais neste período de recesso das atividades devido a pandemia de Covid-19. A pesquisa abrangeu apenas 94 empresas atendidas pelos escritórios de contabilidade, o leva a se pressupor que o número de demissões é bem maior no Município.

O levantamento também revelou em 78 empresas mourãoenses aconteceram, no mesmo período, 178 reduções de salários e 118 suspensão de contratos. Na avaliação das lideranças empresariais locais, a tendência é que esses números negativos cresceram rapidamente com a continuidade do comércio fechado. “Muitos empresários estão tentando evitar demissões ou mesmo a redução de salários dos seus funcionários, inclusive antecipando férias, mas a situação vai ficando cada vez mais insustentável. Com lojas e outras atividades produtivas ainda paradas em Campo Mourão, as demissões vão se tornar inevitáveis, com o agravamento do problema social na cidade”, alerta o presidente da Acicam, Alcir Rodrigues da Silva.

Na maioria das cidades da região, as prefeituras já autorizaram a reabertura do comércio. A Acicam e as demais entidades empresariais locais têm atuado junto a administração municipal de Campo Mourão para que seja autorizado imediatamente a reabertura do comércio do Município.