sábado, 11 de abril de 2020

Jovem foi executado a tiros em Araruna; crime pode ter sido passional

Foto da Tribuna do Interior

Jhonatan Giovanni, 28 anos de idade, foi executado a tiros por volta das 10h30 da manhã deste sábado (11). O crime aconteceu na Rua Londrina, Conjunto Cidade Alta, na cidade de Araruna.

Logo após sair da casa de um amigo conduzindo um veículo VW/Golf, a vítima foi cercada por outro veículo, de acordo com as informações um GM/Astra, onde estava o atirador. A suspeita é de que o suspeito teria parentesco com a vítima.


Após ser alvejado Jhonatan perdeu o controle do veículo, que descontrolado só parou após atingir uma betoneira, em uma construção. O acusado ainda teria descido do Astra, foi em direção a vítima e efetuou outros disparos, matando Jhonatan na hora.

A Polícia apontou que investigações levam a acreditar que o crime tenha motivações passionais, já que a vítima teria saído com uma mulher casada e após vir à pública na cidade, a situação causou grande repercussão.

Após se evadir do local do crime o acusado abandonou o veículo em outra região da cidade.

O corpo foi recolhido pelo IML de Campo Mourão e a Polícia Civil está investigando o crime.