segunda-feira, 18 de maio de 2020

BARBOSA FERRAZ - CORUMBATAÍ: Produção de máscaras para atender governo do estado


Na última semana o empresário e estudante de engenharia civil, Valdir Paes, de Barbosa Ferraz, esteve visitando a linha de produção de máscaras na cidade de Corumbataí do Sul e realizou tratativas com o empresário, de Maringá, responsável pela licitação ganha do estado, para tentar trazer para Barbosa Ferraz a produção e gerar pelo menos 12 empregos diretos para costureiras do município que estão sem atividade nesse momento.

Com o avanço do coronavírus, o governo do estado do Paraná contratou empresários do ramo de costura para produção de máscaras, que são entregues diretamente nas regionais de saúde, após terem a produção aprovada em inspeção de qualidade.

Em Corumbataí do Sul, Paes visitou a fábrica e conversou com o vereador Bico, responsável por intermediar a produção, que contou com o apoio de diversas costureiras (o) que trabalham sob condição de ganho de produtividade.

O empresário maringaense venceu uma das licitações do estado, para produção de 1 milhão máscaras.

Uma parceria com costureiras (o) do município de Corumbataí do Sul, que estavam desempregadas, foi feita e iniciou-se a produção com 8h de trabalho diário, produzindo cerca de 2 mil unidades por dia.

São produzidas cerca de 13 a 14 mil máscaras por semana em Corumbataí do Sul, através do convênio formalizado com o empresário maringaense, que terceiriza a produção.

De acordo com as informações do vereador Bico, as máscaras são encaminhadas para Campo Mourão, onde são aprovadas e depois distribuídas pela regional de saúde.

Valdir Paes, de Barbosa Ferraz, já realizou várias tratativas com o empresário de Maringá, que agora também venceu a licitação de produção de jalecos para unidades de saúde de todo o estado.