quinta-feira, 14 de maio de 2020

BARBOSA FERRAZ: Prefeito grava vídeo e afirma que evento reuniu cerca de 15 pessoas



O Prefeito de Barbosa Ferraz, Edenilson Miliossi, confirma em vídeo divulgado em suas redes sociais na noite de ontem, 14, que realmente participou de um encontro com diversas pessoas no distrito de Ourilândia, e que segundo ele, as informações que foram divulgadas à coluna, por um dos participantes do evento, não seriam cerca de 50 pessoas, mas sim cerca de 15 pessoas, junto com a família que teria promovido o evento.

O prefeito esclareceu ainda que a confraternização em forma de jantar, aconteceu após encerrar os serviços no distrito de Ourilândia.

O prefeito Miliossi se referiu ainda como Fake News a reportagem da coluna que revelou o ocorrido e que delatado por um dos participantes que pediu para não ser identificado.

Clique duas vezes no player e assista o vídeo:


O próprio prefeito vem a público e confirma que aconteceu o evento onde se juntaram cerca de 15 pessoas, segundo ele; descumprindo assim a regras de decreto assinado por ele próprio, inclusive com o uso de máscara, o que não é visto nas imagens. 

De acordo com decreto assinado pele próprio prefeito, ele mesmo desrespeita o decreto assinado, quando aceita participar de tal evento quando deveria orientar as pessoas a não o fazer, alertando para uma lei em vigor, tanto no município, quanto em todo estado do Paraná. 

Outro ponto é que o próprio prefeito revela o local e nome dos anfitriões, onde aconteceu o evento que juntou as pessoas, que segundo ele seriam todos servidores municipais. Na reportagem que trouxe o caso à tona, a citação trás o distrito de Ourilândia e não faz referência a nenhum indivíduo, apenas ao prefeito Miliossi, que assinou decreto de calamidade público no município e decreto impondo várias regras de isolamento e prevenção ao coronavírus.

Quando a reportagem traz um fato dessa natureza a público só o faz por se tratar do representante legal do povo, que por lei assina e impõe certas regras que devem ser cumpridas por todos. Nos decretos assinados pelo prefeito Edenilson Miliossi não existe qualquer ponto que autorize aglomeração de pessoas, independente de qual seja o objetivo. Estão proibidos no município, jogos, eventos e festas, além de vários outros itens que devem estar em consonância com regras da OMS e do Ministério da saúde do governo federal.  

O próprio governador do estado, Ratinho Júnior, tem diariamente alertado a população do estado para tomar todos os cuidados de isolamento social para evitar a propagação do vírus.

Ontem à noite, (13), o clima na cidade de Luiziana era bastante tenso e a secretaria de saúde orientou para que todos fiquem em casa. Foi confirmado o segundo caso positivo de coronavírus e as duas pacientes já foram entubadas e estão na UTI da Santa Casa de Campo Mourão. Muitas pessoas que tiveram contatos com as pacientes estão isoladas no município e muitos outros ainda estão sendo investigados e procurados para serem isolados, já que podem ter tido contato com as pacientes. A situação no município é considerada grave e uma reunião de emergência estava agendada para esta manhã (14). Luiziana faz divisa com Barbosa Ferraz e muitos moradores circulam pelo distrito de Bourbônia.

Até o momento a Comcam tem 81 casos confirmados de Covid-19 em oito municípios, sendo: Araruna (19); Campina da Lagoa (1); Campo Mourão (48); Goioerê (5); Iretama (2); Peabiru (2); Luiziana (2) e Terra Boa (2).

Na região da Comcam já são 8 óbitos pela doença, sendo 1 em Araruna; 4 em Campo Mourão, 1 em Campina da Lagoa, 1 em Iretama; e 1 em Terra Boa.