quarta-feira, 13 de maio de 2020

Paciente entubado na UTI é o 1º caso suspeito de coronavírus em Mamborê


O município de Mamborê, após ter confirmado o primeiro caso de coronavírus, decidiu adotar novas medidas de prevenção para evitar que a doença se alastre no município. Luiziana, que faz divisa com o município, também registrou o primeiro caso da doença.

Na madrugada desta quarta-feira dia 13 de maio de 2020, uma pessoa de 60 anos de idade foi encaminhada para atendimento médico no hospital Santa Casa de Campo Mourão, suspeita do COVID-19, doença causada pelo coronavírus.


Segundo informações o mesmo se encontra entubado e internado na UTI COVID do Hospital Santa Casa e aguarda o resultado do exame. Os familiares já foram isolados pela equipe da Secretaria de Saúde de Mamborê.

O prefeito de Mamborê, Ricardo Radomski, manteve o decreto de situação de emergência no município, com novas alterações, para evitar a aglomeração de pessoas.

Entre as medidas, o prefeito adota as mesmas orientadas pelo Ministério da Saúde em relação ao isolamento social, com regras rígidas de permanência em casa para idosos acime de 70 anos e crianças até 5 anos, além de portadores de doenças crônicas, gestantes e puérperas.

Ainda ficou mantido o “toque de recolher” entre as 20h e 6h, com confinamento domiciliar obrigatório em todo o território do município de Mamborê, ficando proibida a circulação de pessoas no município, exceto a circulação necessária para acesso aos serviços essenciais.

O decreto ainda cria regras rígidas de distanciamento entre às 06h e às 20h, e condução coercitiva, por parte das autoridades do município, de pessoas que descumprirem a lei, inclusive apreensão de veículos.

As regras para funcionamento do comércio seguem as mesmas impostas pelo decreto anterior, seguindo normas do Ministério da Saúde. O uso de máscaras é obrigatório em todo território do município.