sexta-feira, 26 de junho de 2020

Desesperada para arranjar marido para filha, mãe procura delegacia para fazer BO


Seja homem ou mulher, quando você chega a uma idade e está solteiro na casa da mãe a pressão começa a acontecer: “E aí, quando vai casar?”. Mas uma idosa passou de todos os limites. Desesperada, ela saiu de casa em meio à pandemia de coronavírus, arriscando a própria saúde, para ir até o 10º Distrito Policial, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na tarde da última terça-feira (23). Tudo para fazer um Boletim de Ocorrência (BO) contra a filha, alegando que ela precisa sair de casa e arranjar um marido pra ontem.

A senhora acreditava que, por meio de um BO, conseguiria tirar a filha de casa, arranjando um marido para ela. “A gente acha que já viu de tudo, aí acontece isso. Uma senhora desesperada veio aqui e disse que queria fazer um BO para que os policiais arranjassem um casamento para ela. Explicamos que não somos uma agência de casamento e que aquilo não era crime, então direcionamos ela para procurar de outra forma”, disse o investigador Henrique Lima, do 10º° Distrito Policial.

De acordo com o investigador, a idosa recebeu a orientação de forma tranquila, mas chateada por não conseguir arranjar um genro. “Ela era bem tranquila e a gente fez essa parte de orientar. Tem algumas situações atípicas realmente no nosso dia a dia. O policial acaba tendo que atender cada coisa”, falou.

*Banda B