quinta-feira, 4 de junho de 2020

Homem, suspeito de estupro, é queimado vivo na região de Curitiba


Um homem morreu depois de ser agredido e queimado vivo, por volta das 16h desta quarta-feira (3), na rua Divonzir Luciano, no Jardim Independência, São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. De acordo com informações repassadas à Polícia Militar, que ainda não foram confirmadas, a vítima estaria sendo acusada de estuprar um vulnerável na região e o crime pode ser resultado da revolta da população local com o ocorrido.

O tenente Cason, do 17ª Batalhão da Polícia Militar (PM), conta que a equipe policial foi para o local depois de receber denúncia pelo 190 relatando que um homem estaria sendo agredido com golpes de arma branca. “Chegou via 190 a informação de que uma vítima estaria sendo agredida com golpes de armas brancas. As viaturas então se deslocaram e o Siate foi acionado. Na sequência, recebemos o relato de que estariam ateando fogo no homem. Quando as equipes chegaram no local, o cidadão já estava morto com o corpo parcialmente queimado”, disse o tenente.

Informações colhidas pela PM indicam que a vítima teria tentado fugir das agressões entrando no carro de uma família, mas não teve sucesso pois o veículo estava trancado. Depois disso, ele teria sido arrastado para um matagal.

A população não local não quis dar mais detalhes sobre o ocorrido. O local foi isolado pela PM e o caso será investigado pela Polícia Civil.

*Com inf. da Banda B