quarta-feira, 3 de junho de 2020

Para atingir Moro, Aras desengaveta denúncias investigadas e arquivadas pela própria PGR


A decisão de Augusto Aras de desengavetar o acordo com o doleiro foragido Rodrigo Tacla Duran é ainda mais escandalosa quando se considera que suas alegações sobre o padrinho de casamento de Sergio Moro, o advogado trabalhista Carlos Zucolotto, já foram investigadas e descartadas pela própria PGR.

Em 27 de dezembro de 2018, de fato, o vice-Procurador-Geral da República, Luciano Mariz Maia, arquivou o processo por absoluta falta de provas.