terça-feira, 11 de agosto de 2020

BARBOSA FERRAZ: Paciente com lesão na coluna se irrita ao ser esquecida



Uma paciente acabou sendo esquecida pela secretaria municipal de saúde e precisou do socorro de uma das servidoras que teve que providenciar um veículo extra para fazer o transporte para atendimento agendado em Campo Mourão.

A paciente, descontente com o ocorrido, entrou em contato com a coluna no início da manhã de hoje (11), falou de um agendamento para transporte para Campo Mourão e que esperou e não aconteceu.

Com lesão em uma das vértebras, a paciente tem dificuldade de locomoção e aguardava desde as 6h da manhã na Rua Paraíba, precisou contratar um táxi já por volta das 08h30min e ir até a secretaria resolver o problema. Ela afirmou que não pode ir sentada por distâncias mais longas e necessita de uma ambulância devido a lesão na coluna.

Apesar da confusão toda, uma das servidoras responsáveis se prontificou em solucionar o problema, alertando ainda sobre a falta de ambulância disponível naquele momento.

Outro lado:

A servidora, Ângela Fertonani, responsável pelo setor de agendamentos, entrou em contato com a coluna e explicou que o que aconteceu não teria sido esquecimento da secretaria, mas sim um desencontro de informações por parte da paciente, que deveria ter entrado em contato com a secretaria no dia anterior - a paciente não teria feito isso - para confirmar o agendamento em Campo Mourão, já que os atendimentos de especialidades em Campo Mourão seguem um roteiro independente do município e é necessário confirmação da data agendada um dia antes. Ainda segundo a Nota, a paciente foi orientada quanto a isso, mas o caso, após o ocorrido, foi orientado e resolvido. Todos os casos de encaminhamentos para Campo Mourão, segundo a servidora responsável, segue o mesmo protocolo. Ela relatou também que as ambulâncias ficam disponibilizadas para o hospital e devido a pandemia do coronavírus, as movimentações de veículos seguem outras restrições que seguem um protocolo.