sexta-feira, 11 de setembro de 2020

ENG.BELTRÃO: Advogada registra denúncia na Polícia Civil por ofensas durante programa de rádio; Ouça o áudio

Após receber informações de que um programa de rádio local estaria fazendo suposições errôneas em relação a questões envolvendo membros de um dos grupos políticos do município. O Partido Liberal (PL) acionou um dos advogados que representa a parte para obter a gravação do programa de rádio - Hora da Notícia – para, segundo a advogada, requerer o direito de resposta, conforme prevê a lei, caso a emissora acate ou seja necessário medida judicial para obtenção do direito.



A situação virou caso de polícia quando a advogada, Dr. Josiane Munhoz, solicitou de forma privada, no WhatsApp da emissora, para os áudios dos supostos programas que teriam causado a polêmica, mas os apresentadores do programa decidiram expor publicamente o pedido e ainda citou nominalmente o nome da advogada.

Ainda segundo informações da Advogada, que deve acionar também a OAB, a situação causou um constrangimento desnecessário já que de forma técnica, representando uma das partes, apenas fez um pedido da programação que fica gravada, para confirmar a denúncia e solicitar o direito de resposta para esclarecimento à população. A advogada relatou ainda que jamais imaginou que os responsáveis pelo programa agiriam de tal maneira e por isso decidiu tomar as providências cabíveis, procurando a delegacia de Polícia Civil, registrar uma queixa crime contra a emissora e contra o locutor que, segundo ela, teria proferido várias ofensas durante a programação. 

"Em momento algum existiu a intenção de censurar a programação. O que foi solicitado é um direito que a lei permite, que são gravações do programa onde são citadas uma das partes e entendemos que se faz necessários alguns esclarecimentos para a população, dando voz também ao outro lado, no mesmo horário. Vivemos em uma democracia e eles não aceitaram"; disse a advogada

O caso deve seguir agora para o poder judiciário.