quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Jogador é preso suspeito de matar a facadas dirigente de futebol de Rolândia


O empresário José Danilson Alves de Oliveira, de 58 anos, que era dirigente de futebol do Clube Nacional de Rolândia, morreu depois de ser esfaqueado, na noite de quarta-feira (16). O jogador Vinícius Corsini, de 28 anos, foi preso suspeito de cometer o crime, segundo a Polícia Civil.

O crime aconteceu no Centro da cidade. De acordo com as investigações, Danilson teria sido abordado pelo jogador. Houve uma discussão e, na sequência, ele teria sido atingido pelas facadas.

Ainda conforme a polícia, o jogador tentou fugir, mas foi contido por populares até a chegada da equipe policial.

José Danilson chegou a ser levado para o Hospital do Coração e passou por uma cirurgia, mas não resistiu. Ele também era presidente de honra do Nacional de Rolândia, sargento aposentado da Polícia Militar e foi vereador e vice-prefeito de Rolândia entre 2013 e 2017.

Luto

A Prefeitura de Rolândia decretou luto oficial na cidade em memória de José Danilson.

"O município perdeu hoje um de seus ícones na política e no esporte. Danilson era presidente de honra do Nacional Atlético Clube, time de futebol mais longevo do norte do estado, que é o atual campeão da Taça Federação Paranaense de Futebol e que disputará um campeonato brasileiro após 20 anos de espera. Ele deixa um legado de amizade, respeito, admiração e muito trabalho por Rolândia". 

(G1 Paraná)