terça-feira, 20 de outubro de 2020

Homem agride criança de 7 anos e incita cachorros contra a PM, que reage e mata pitbull



Um homem foi preso na noite de domingo (18) em Ivaiporã depois de agredir e perseguir uma criança de 7 anos com um espeto. Quando os policiais foram prender o agressor, os cachorros foram para cima da equipe PM. Foram efetuados disparos contra o pitbull que morreu.

Conforme o boletim de ocorrência da PM, o caso foi na Rua Marlene Morais, por volta das 20h30. A equipe foi acionada após denúncia que uma mulher e uma criança estavam sendo agredidos. O convivente da mulher havia pegado um espeto e correu atrás das vítimas proferindo ameaças de morte.

Nessa perspectiva, a equipe de serviço foi ao local e se deparou com diversas pessoas apavoradas com a situação. Eles também foram informados que conseguiram esconder a criança.

Posteriormente a equipe localizou a mãe, que apresentava escoriações na pernas e braços, causados pelo convivente.

O autor das agressões também foi encontrado e estava totalmente alterado, desobedeceu as ordens de abordagem e correu para sua residência. Além de incitar dois cachorros para cima dos policiais, um pitbull de porte grande e outro sem raça definida de porte pequeno.

Diante dos fatos a equipe recuou, tentou por diversas vezes dialogar com o agressor que não se entregou, e permaneceu incitando os cachorros para cima dos policiais, além de proferir ameaças de morte.

Quando os policiais foram prender o agressor, os cachorros foram para cima da equipe PM, e para repelir a agressão foram efetuados disparos contra o pitbull que morreu.

O detido e a vítima foram encaminhados ao Hospital Municipal para avaliação médica referente ao covid-19, em seguida as partes encaminhadas a 54ª Delegacia Regional de Polícia Civil para as providências cabíveis. (TNonline)