terça-feira, 24 de novembro de 2020

Homem acusado de homicídios foi executado em Maringá


Morreu na noite desta segunda-feira (24) o homem que foi baleado na noite do dia 17 de outubro na Vila Operária, em Maringá. 

Ele estava internado no Hospital Universitário, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

O crime aconteceu na Avenida Laguna. Segundo a Polícia Militar, testemunhas disseram que Fábio Soares Ferreira, de 41 anos, o vulgo "índio" estava andando de bicicleta quando dois homens passaram atirando de uma moto NX Falcon.

Fábio foi socorrido por uma ambulância do Corpo de Bombeiros e com apoio da equipe médica do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ele foi levado para o Hospital Universitário. 

A vítima foi atingida por dois tiros nas nádegas e um no abdômen. Fábio que estava usando tornozeleira eletrônica, consta com duas passagens pelos crimes de homicídio, cinco portes de arma de fogo e um roubo. 

A esposa da vítima disse aos policiais durante o socorro que já havia sofrido outra tentativa de homicídio. 

O ex-presidiário ajudou a liderar uma rebelião em setembro de 2011 onde agentes de cadeia foram mantidos reféns por várias horas.

O crime está sendo investigado pela (DHPP) Delegacia de Homicídos e Proteção à Pessoa, de Maringá.
(Plantão Maringá)