segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

ENG.BELTRÃO: Polícia Militar prende ladrões de celular em flagrante; além de roubar eles agrediram as vítimas


O crime aconteceu na manhã desta segunda-feira (7), pouco antes das 10h, na Rua Rocha Pombo, centro da cidade de Engenheiro Beltrão. Dois criminosos, bastante agressivos, atacaram duas adolescentes, de 13 e 14 anos de idade, acompanhadas de outra menor de 15 anos, que testemunhou o crime. Os ladrões levaram dois celulares, avaliados em 2 mil e 3.4 mil reais.


Depois de serem agredidas e terem seus celulares roubados, com a chagada da Polícia Militar ao local, as menores passaram a relatar o que havia acontecido.

Segundo elas, dois homens, um de pele escura e outro mais claro, com tatuagem em um dos braços, às atacaram.

Após gritarem para as meninas que se tratava de um assalto, um dos criminosos, de forma violenta, agarrou o celular da menina de 13 anos, um iPhone 7, e o tomou. O segundo criminoso, com uma tatuagem no braço, avançou sobre a menina de 14 anos e de forma ainda mais agressiva, tomou um celular iPhone XR, jogando a menina no chão.

Logo após roubar os celulares das duas, os bandidos saíram correndo do local.

As duas adolescentes ficaram em estado de choque e choravam bastante, até a chegada da PM de Engenheiro Beltrão no local.

Os policiais conseguiram rapidamente identificar a possível localização dos dois bandidos, já que os telefones possuem sistema de localização por GPS. O sinal apontava para uma pousada na saída da cidade.

Já no local identificado pelo sinal dos aparelhos, os militares localizaram dois suspeitos com as mesmas características. Eles estavam em uma pousada, que havia hospedado passageiros de um ônibus com origem de Foz do Iguaçu, de onde eram os dois. Com apoio da equipe da PM de Quinta do Sol, os policiais questionaram os indivíduos, que se mostraram bastante nervosos, mas um deles acabou confessando após ser reconhecido.

Eles disseram que jogaram os telefones nos fundos da pousada e os militares após vistoria no local acabaram encontrando os dois aparelhos. Diante das evidências os dois acusados acabaram confirmando que seriam eles os autores do roubo.

Testemunhas no local ainda disseram aos policiais que eles chegaram correndo na pousada e trocaram de roupas rapidamente. Eles também teriam comentado que tinha feito algo ilegal no centro da cidade. Os militares localizaram dentro de uma mochila, de um deles, as roupas que usavam no momento do crime.

Os dois, identificados por Bruno e Luan, agressivos, eles foram algemados e levados presos para a Delegacia de Polícia Civil de Engenheiro Beltrão. Eles foram indiciados pelo crime de roubo e lesão corporal, já que uma das adolescentes reclamava de dores no tórax e nas costas, devido as agressões sofridas.

A ação muito rápida da Polícia Militar de Engenheiro Beltrão, com apoio da PM de Quinta do Sol, resultou na recuperação dos dois telefones roubados e prisão dos dois criminosos.