domingo, 24 de janeiro de 2021

BARBOSA FERRAZ: Sem oposição na câmara, está "tudo em casa" para Miliossi

Até o momento, entre os vereadores eleitos, sem oposição declarada, o prefeito Miliossi segue tranquilo. 

Pelo menos dois dos nove vereadores, José Augusto (PP) e Wellington Félix (PTC), já estão se movimentando, usando as redes sociais para mostrar problemas, muitos deles resultado das últimas chuvas.

O estilo adotado, sereno, está longe de chamar a atenção como oposição, já que se mostram alinhados com Miliossi, participando de reuniões no gabinete e em fotos ao lado do prefeito em eventos públicos. Nas publicações nas redes sociais os dois vereadores tem afirmado que irão procurar o prefeito, prometendo conseguir resolver os problemas, que por enquanto seguem na mesma. O estilo não é de cobrança, mas de apontamento de situações, muitas delas já de conhecimento público. 

O vereador José Augusto se encontra em uma posição mais confortável, já que após a eleição abandonou o estilo da oposição ao prefeito, que fez durante o mandato anterior e que o colocou em evidência. O que parecia impossível, aconteceu! José Augusto passou a defender projetos de Miliossi após ser reeleito e conseguiu se tornar presidente da câmara, se aliando ao prefeito Miliossi, conseguindo o apoio e obtendo todos os votos dos vereadores eleitos, inclusive os do antigo PPS, hoje Cidadania, partido do prefeito.

Já o vereador Wellington Félix, que também é advogado da prefeitura e tem a esposa servidora da saúde, tem andado pelo município, visitado populares e mostrado trechos que precisam de reparos. Ele também comenta em suas postagens, nas redes sociais, que irá pedir a administração de Miliossi para solucionar os problemas que vem mostrando nas suas redes sociais, em vídeos produzidos.

Os outros vereadores eleitos seguem mais comedidos e aguardam o andar da carruagem, após o recesso parlamentar.

Até o momento o prefeito Miliossi, sem oposição no legislativo, deve estar olhando com bons olhos as primeiras iniciativas dos, até agora, seus vereadores. O que tudo indica, pelos menos nesses dois primeiros anos, Miliossi segue para ter o apoio dos nove.

Por enquanto está tudo em casa!