domingo, 24 de janeiro de 2021

Com mais de 500 mortes pela Covid, 93% das UTIs lotadas, prefeito de Londrina disse que não vai autorizar volta as aulas



O Secretario de Saúde e prefeito de Londrina fizeram uma live sobre situação da Covid-19 no município (Foto: Reprodução/Facebook)

Com 93% dos leitos de UTI para Covid-19 ocupados, Londrina vive o pior momento da pandemia, segundo a prefeitura. Desde março, 28.206 pessoas foram contaminadas e 541 morreram por complicações da doença.

Ao apresentar esse cenário, o prefeito Marcelo Belinati (PP) disse que é impossível voltar às aulas de forma presencial .

Em uma rede social neste domingo (24), o prefeito disse que não pode autorizar os 200 mil estudantes a frequentarem escolas e ônibus do transporte coletivo.
"É o pior momento da pandemia, não é hora para relaxar. As aulas presenciais vão retornar quando for possível. Sei das dificuldades dos donos das escolas, mas não dá. As decisões são baseadas na ciência, na medicina, não adianta mandar mensagem ameaçando", disse o prefeito.
(Com informações do G1 Paraná)