segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

Subiu para 21 o número de mortos no acidente com ônibus de turismo em Guaratuba

Subiu para 21 o número de mortes em um grave acidente com um ônibus de turismo na BR-376, em Guaratuba. O acidente aconteceu na manhã desta segunda-feira (25). As informações são da Autopista Litoral Sul, concessionária que administra a rodovia.

O acidente ocorreu no km 668 da rodovia, por volta das 8h30, quando o ônibus com placas de Belém (PA) teria saído da pista, tombado na lateral da via, caindo em uma ribanceira de cerca de 50m de altura no trecho conhecido como curva da santa.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo levava 52 passageiros e dois motoristas e teria saído da cidade paraense de Ananindeua, pararia em Balneário Camboriú e seguiria para São José, na Grande Florianópolis

O km 662, no sentido sul, na região de Tijucas do Sul, no Alto da Serra, ficou interditado por cerca de cinco horas. 

Quatro crianças e 15 adultos foram encaminhados ao Pronto Atendimento de Garuva.

Segundo a Prefeitura de Joinville, cinco vítimas do acidente foram encaminhadas ao Hospital São José. Duas delas foram transportadas de helicóptero e três vieram por terra.

Ao todo, são três mulheres e dois homens, sendo que três estão em estado grave e dois estáveis. Há possibilidade de que novos pacientes sejam encaminhados à unidade ao longo do dia.

Outras vítimas foram encaminhadas para Curitiba.

Equipes da concessionária, polícia, bombeiros, inclusive de Joinville, e Samu, além de aeronaves de Joinville (PMSC), Curitiba, Guaratuba, Balneário Camboriú e Blumenau, estão na região para prestar apoio. Um guincho também foi acionado para a retirada do veículo.

Cães farejadores ajudam nas buscas para localizar possíveis vítimas que possam ter sido ejetadas. Até o momento, segundo os bombeiros, não foi repassada a lista oficial de quem estava no veículo.

De acordo com a PRF, o motorista do ônibus está detido na Delegacia de Polícia de Guaratuba para prestar mais esclarecimentos. Ele teria fugido do local após o acidente.

O IML (Instituto Médico Legal) está fazendo o recolhimento dos corpos e transportando-os para Curitiba. Ainda segundo a PRF, não há informações do que teria causado o tombamento e o veículo, a princípio, estava regularizado.